Lista de Alimentos Ricos em Proteínas

As proteínas são as macromoléculas mais importantes das células humanas. Compõem-se por sequências de aminoácidos, que ora são naturalmente sintetizados pelo organismo, ora podem ser fornecidos através de determinados alimentos.

São responsáveis por diversas funções importantes do organismo, que incluem, por exemplo, a componente genética e muscular, o crescimento das unhas e cabelo e a reposição da pele.

Se você pratica desporto, é importante que saiba que perante o desgaste/cansaço físico e na ausência de quantidades suficientes de proteína, o organismo começa a consumir tecido muscular como fonte de absorção de aminoácidos, em vez de consumir a matéria gorda existente no corpo.

Como tal, aconselha-se uma alimentação rica em proteínas a quem pratica desporto. O consumo de alimentos ricos em proteínas após a atividade física permite a recuperação muscular (através da regeneração de fibras que possam ter sido de alguma forma lesionadas), regula a produção de algumas hormonas e produz anticorpos essenciais à manutenção do sistema imunológico.

Alimentos ricos em proteínas

Na seguinte tabela pode consultar quais os alimentos, de origem animal e de origem vegetal, mais ricos em proteína.

Alimentos ricos em proteínas

Alimento Quantidade de proteína
por cada 100 g
Amêndoas 21,1 g
Arroz cozido 2.5 g
Atum 29 g
Bife de porco (magro) 21,4 g
Bife de vaca (magro) 29 g
Camarões 21 g
Ervilhas 6.2 g
Feijão 6.6 g
Leite semidesnatado 3.4 g
Lentilhas 9.1 g
Lentilhas cozidas 4.2 g
Milhete 11.8 g
Ovos (2 médios) 16 g
Peito de frango (sem pele) 30.9 g
Peito de peru (sem pele) 29,9 g
Pescada 19.2 g
Queijo 26 g
Quinoa 12 g
Requeijão sem gordura 13.3 g
Salmão 20.2 g
Salmão grelhado 23.8 g
Soja 12.5 g
Trigo sarraceno 11 g

Note-se que é importante que os alimentos ricos em proteínas vegetais sejam combinados entre si, para que a união dos aminoácidos forme proteínas de boa qualidade. Eis alguns exemplos:

  • Arroz e feijão (qualquer tipo);
  • Ervilhas e milhete;
  • Lentilhas e trigo sarraceno;
  • Quinoa e milho;
  • Arroz integral e ervilhas vermelhas.